terça-feira, 29 de abril de 2014

Importantíssimo: Que tal estudar no exterior através do ENEM??

Nota do Enem valerá em processo seletivo da Universidade de Coimbra

Instituição portuguesa aceitará notas dos exames de 2011, 2012 e 2013; exame brasileiro deve ser nos dias 8 e 9 de novembro


SÃO PAULO - A Universidade de Coimbra, em Portugal, será a primeira instituição estrangeira a usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de acesso ao ensino superior a partir de 2014. A medida só valerá para candidatos brasileiros. O Enem já é usado como parte do processo seletivo de todas as universidades federais do Brasil desde o ano passado.
Os brasileiros que usarem a prova estarão dispensados dos exames nacionais portugueses, que funcionavam como sistema de acesso até agora. A partir deste ano, a instituição aceitará os resultados do Enem de 2011, 2012 e 2013. Em Coimbra são oferecidas graduações como Administração, Arquitetura, Direito, Engenharia Civil, Odontologia e Psicologia.
As notas do exame terão pesos diferentes de acordo com o curso pretendido, o que pode ser calculado por uma tabela de conversão de notas. O desempenho na prova de Matemática do Enem, por exemplo, é mais importante para os interessados em Engenharia do que para candidatos a Direito. A mensalidade na instituição é de 700, cerca de R$ 2.150.
Segundo o vice-reitor da Universidade de Coimbra, Joaquim Ramos de Carvalho, o Enem tem padrão elevado de qualidade e a medida promete facilitar o intercâmbio de estudantes brasileiros. "O Enem já é o exame de acesso de várias boas universidades brasileiras e avaliamos que também serviria de qualificação para nossos candidatos", afirmou Carvalho.
"Não faz sentido obrigar os estudantes brasileiros que já fizeram o Enem a passar por outro processo seletivo difícil", disse o vice-reitor. Atualmente, 2.059 alunos do Brasil estudam na instituição de Coimbra.
No mês passado, o governo português publicou uma lei que permite às universidades do País criarem seus próprios sistemas de ingresso à graduação, alternativa que não existia antes. A medida pode dar espaço para que outras instituições portuguesas copiem a iniciativa da Universidade de Coimbra.
De acordo com o Ministério da Educação brasileiro, ainda não há outras universidades estrangeiras que usam o Enem como parte do processo seletivo. A pasta ainda não confirma a data, mas estuda aplicar o exame nos dias 8 e 9 de novembro. A última edição da prova teve recorde de inscritos: 7,1 milhões de candidatos.
Consolidação. Para o especialista em avaliação educacional da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Cipriano Luckesi, a iniciativa da escola portuguesa representa mais um voto de confiança no Enem. "Isso reconhece a importância do exame", disse. Segundo ele, o uso do Enem para entrar em Coimbra também pode estreitar as relações acadêmicas. "Já temos bastante mobilidade de professores e alunos. Precisamos fortalecer a equivalência de títulos (diplomas)", afirmou.
A proposta ainda confirma, para especialistas, o interesse de universidades europeias, afetadas pela crise econômica, em atrair mais brasileiros. Esse processo já foi intensificado nos últimos anos com o Ciência sem Fronteiras, programa de intercâmbio do governo federal que pretende levar 101 mil estudantes e pesquisadores brasileiros ao exterior até 2015. Portugal, porém, não está mais entre os países de destino do programa.
Link: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,nota-do-enem-valera-em-processo-seletivo-da-universidade-de-coimbra,1158070,0.htm

Coimbra

QUANDO EU ERA CRIANÇA....

SE VOCÊ TEM PREGUIÇA DE EDUCAR SEU FILHO NÃO LEIA!!! OBRIGADO..

QUANDO EU ERA CRIANÇA....

Quando eu era criança, brincava de polícia e ladrão nas ruas. Tinha um daqueles revólveres de brinquedo em que se colocava espoleta. Sabíamos muito bem o que era fantasia e realidade. Tínhamos noção plena de que não éramos nem polícia e muito menos ladrão e sabíamos que aquele revólver de espoleta não era de verdade. Éramos ensinados a reconhecer o certo e o errado, a brincadeira e a realidade – afinal, ninguém nos considerava tão bobocas a ponto de achar que íamos nos tornar assassinos por brincar de polícia e ladrão. Os tempos mudaram e proibiram-se as brincadeiras que remetessem a tiros. Disseram que poderiam influenciar na educação. Hoje, com todas as restrições pedagógicas, a violência entre jovens aumentou. Será que perderam a capacidade de distinguir a arma de brinquedo da real?
Quando eu era criança, recebia e dava apelidos na escola. Era na escola que a gente brigava depois da aula e era na escola que eu aprendia a me defender de alguma gozação. Cresci sabendo dizer que não aceitava o apelido que haviam me dado, bem como sabia sublimar algum deboche me colocando acima da situação – tudo isso ajudava a formar meu caráter e personalidade. Não me lembro de ter pedido à minha mãe para que fosse tirar satisfação com meus colegas porque havíamos brigado. Não me lembro de ter ficado traumatizado por ter recebido apelido. Então, hoje, por cuidado exagerado dos pais e professores, todo confronto entre crianças virou “bullying”. É verdade que existe o “bullying” – a violência física e moral que chega a traumatizar a pessoa – isso é danoso e deve ser combatido. Mas elevar todas as briguinhas de escola ao nível de bullying é evitar que a criança cresça superando os desafios e vencendo medos.
Quando eu era criança, sabia que não podia ter todos os brinquedos anunciados na televisão. Meus pais me ensinavam e me educavam dizendo que eles não podiam me dar. Aprendi o valor do dinheiro e o esforço que meus pais faziam para me criar. Agora inventaram uma lei que proíbe propagandas destinadas às crianças, para que não sejam influenciadas pelo mercado. Quanta bobagem!
Essas restrições são tentativas do Estado de roubar dos pais a tarefa de educar os filhos. Alto lá, essa missão é dos pais – ora, quem pariu Mateus que o embale! Será que não estamos tendo um cuidado exagerado com nossos filhos não permitindo que eles reconheçam seus limites? Será que não estamos impendido-os de se chocarem com seus limites e, assim, perceberem que não são donos do mundo? Estamos criando filhos tirando deles a possibilidade do erro. Daí, tiramos deles a possibilidade da crise que os faz crescer e amadurecer. Infelizmente, os pais, querendo o melhor, acabam fazendo o pior. Educar não é fazer o caminho pelos nossos filhos, mas caminhar ao lado deles.

PADRE JUAREZ DE CASTRO

LINK: http://mdemulher.abril.com.br/blogs/redacao-vivamais/padre-juarez-de-castro/quando-eu-era-crianca/


crianças

terça-feira, 15 de abril de 2014

SENSACIONALISMO BARATO!!!!

Fatos escusos acontecem em Registro: Crianças fotografadas de Chinelo em sala de aula! Bom, primeiramente chinelo há muito tempo deixou de ser calçado de pessoas de baixa renda! Pessoas vão a baladas de chinelo....Com o preço e os modelos que existem, até para quem tem um pouco mais sai caro! Segundo: Com as temperaturas que fazem em Registro, é natural que eles prefiram usar esse calçado! Impedir é quase impossível....Adolescentes usam naturalmente! Em terceiro: O paternalismo exige que até calçados sejam disponibilizados pela educação? E o bolsa-família? Serve para que? Se um pai não pode calçar o filho é um presságio do fim dos tempos!!! Com tudo que é fornecido é o fim da picada isso ocorrer! SOU PROFESSOR, ESTOU EM SALA E SEI A VERDADE E A REALIDADE!! Pra ponte que partiu quem deseja fazer sensacionalismo barato, sem autorização e sem escrúpulos às custas das crianças!! POLÍTICA SUJA???? COM INOCENTES?? Isso prova que não há limites para esse obscuro ParTido que assola e devasta o nosso país como uma nuvem de gafanhotos famintos o nosso país!!!! Acordem para o que acontece em nosso País nesse momento!! Essas pessoas inescrupulosas e ensandecidas não conhecem o limite, não sabem como e de que forma agir e não medirão esforços, mesmo que seja como essas ações para busca de poder!!!! Você, que ainda pensa...reflita...Se isso se efetivar mais uma vez, vai ser o fim!!! Que Deus não possua misericórdia para quem usa crianças com o fim de sensacionalizar......É o tempo de trevas!!!! POLÍTICA SE FAZ COM IDÉIAS, DEBATE, AÇÕES....E NÃO COM CRIANÇAS!!!
Sensacionalismo

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Algumas vezes....

Algumas vezes....
Algumas vezes....nos sentimos só...
E a solidão dói...peito vazio....
Saudade cruel...garganta um nó....
Amor que fostes...coração arredio...

Mas porque ficastes solidão?
O que fizestes a ti?
Machuca, arrouba,avilta...
Como livrar-me aqui?

Algumas vezes..cabeça vazia divaga...
Transcende a realidade...vagueia...
Incita pensamentos às favas...
Alucina...desfaz-se..areia....

Areia no deserto...voando na imensidão...
Pensamentos desconexos...quase alucinação...
Algumas vezes pensamos....
Algumas vezes lembramos...
Algumas vezes nos martirizamos...
Algumas vezes não nos saciamos....
Mas, vale a pena pensar no que foi e no que não fiz?

Sei lá...algumas vezes o pensamento apenas flui....divaga....vagueia...às favas...e no fim.....
Apenas areia!!!!
Ronaldo Camillo Rigante   Abril de 2006

 


Por que és melhor??

Por que és melhor?
O que o faz pensar ser intocável?
Pensastes no que faz?..no que fez?
Ações, atitudes, impetuosidade....todos agouro...
És o que planta...futuro inominável!

O poder corrompe o mais inconspurcado...
Avilta...macula...se não houver caráter e hombridade!
Mas...pensastes no que queres? No significado?
Queres que lembres de ti por que fostes...ou não queres ser lembrado?

Respiras, come, anda, necessita de saciedade...
Saciedade do corpo....saciedade d’alma...
Todos somos iguais...possuímos a ambiguidade...
Mas qual lado queres? Qual o acalma...

Cor, credo, time, aspirações? Pode mudar seu perfil?
Se podes...melhor o és?
Cuidado para não torná-lo vil...
Pois até Cristo...lavastes pés!!!

Acha-se melhor...Coitado de ti!!
Ronaldo Camillo Rigante   Abril de 2009


 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PDF

Print Friendly and PDF