terça-feira, 13 de novembro de 2012

Homenagem ao nosso ídolo Joaquim Barbosa!!


A cor d’alma
Sois de que cor? Classifica-se de que raça?
A inquietude da natureza humana...
Não se conforma com o diferente...
Mas reflita: O que há de sobrar de tua carcaça?

Branco, negro, amarelo, pardo,índio, cafuzo...
Brasil, terra de diversas origens...de raças mil...
Indiferente da questão ideológica ou religião..
Pertencemos a mesma terra varonil...

Sente-se mal a presença ou companhia de um negro?
Acreditas seres superior devido a sua cor?
Achas que podes negligenciar o diferente?
Tristeza....tua alma, irá carregar por ti esta dor!

Dor abissal esta, que sentirás ao prestar contas ao criador...
Pois este sábio nos criou a tua semelhança...
Deu-nos vida, livre arbítrio, amor....
Independentemente de credo, ideologia, raça e cor...

Somos diferentes sim.....mas tudo é uma questão de difração...
Sem luz, não há cor....Inaptos estaremos de percepção...
Ou duvidas da onipotência e onipresença divina?
Tua alma só tem uma cor...e ela vibra ao som do coração...

Devemos sim, prestarmos conta do que fizemos aos negros...
Pois nossa eterna dívida, nunca será devidamente paga...
Nós brancos, relegamos a uma condição sub-humana e sem valor...
Mas, para isso, devemos novamente, condicioná-los novamente inferior?

Cotas, vagas, não são as maneiras mais justas
De acabarmos com as mazelas sociais...
Devemos propiciar uma sociedade mais justa
Onde a educação seja universal não faça desiguais...

E que todos independentes da cor possam galgar degraus..
Que os leve a patamares desejados e almejados...
Pois, como país democrático, essa é a lei que nos rege...
Ninguém merece ser excluído, nem ter seus direitos cerceados...

Branco, sou por fora....e a raça negra herdada de minha bisavó?
No Brasil, pertencemos a uma miscigenação sem igual...
Não podemos construir uma sociedade com preconceitos....
Afinal, queremos acabar com essa indecente condição desigual...

Hoje, faço conexão a minhas raízes ancestrais...
Hoje, a “raça negra” está em festa....
Hoje, o Brasil enche-se de orgulho...de ideais...
Hoje a justiça perfaz altiva e honesta...

Afinal...quem diria!! Um negro pobre agora é nosso herói...
Prova viva e irrefutável do poder de transformação...
Propiciado pelo esforço, perseverança....enfim: Educação!!
Mas ainda há mais...obrigado pelo que tu constróis...

No coração de cada brasileiro honesto, palpita felicidade!
Mensaleiros, corruptos, bandidos.....fora da sociedade!!
Tu provas que alma não possui cor....possui luz!!
Felizes todos somos agora...A justiça obtida traduz!!

Traduz a felicidade retraída, pela maldição da impunidade...
Colocastes “pingos nos is”....Acabastes com a imoralidade...
Obrigado negro de fé....De caráter e hombridade honrosa...
Hoje, tu quebrastes o grilhão que nos unia ao mal social...

Obrigado, nobre Ministro Joaquim Barbosa!!!

Ronaldo Camillo Rigante – 13 de Novembro de 2012








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PDF

Print Friendly and PDF